" />Fenótipos - DICER1 Syndrome
wdt_IDFenótipo e Freqüência RelativaNotationEsta doença sugere por si só indica testar mutação para sindrome DICER1?Idades aproximadas de suscetibilidade, faixa de idade (pico).Maligno (M) ou Benigno (B)Mortes descritas nos casos de síndrome DICER1
1Fenótipos mais frequentes
2Blastoma Pleuro-Pulmonar (BPP)BPP
3BPP tipo I (cistico)0 - 24 m (8 m )MSim, se progredir para tipo II ou III
4BPP tipo II (cistico/solid)12 - 60 m (31 m)MSim, ~40%
5BPP tipo II (solido)18 - 72 m (44 m)MSim, ~60%
6BPP tipo Ir (cistico)qualquer idadeB or Mnenhuma descrita
7Bócio multinodularBMNnão5 - 40 anos (10 - 20 anos)Bnão
8Nefroma císticoNCsim0 - 48 m (indeterminado)Bnão (veja sarcoma anaplásico do rim)
9Tumor de ováriode células de Sertoli-LeydigTOSLsim2 - 45 anos (10 - 25 anos)Msim, < 5% of cases
10Fenótipos de frequencia moderada
Pleuropulmonary blastoma (PPB)

O BPP é um tumor raro que surge durante o desenvolvimento pulmonar fetal e infantil. Acredita-se que seja a manifestação mais comum relacionada a risco de morte na síndrome DICER1. Desde o nascimento até aproximadamente 2 anos de idade, o PPB apresenta-se tipicamente como uma massa cística (BPP Tipo I). De aproximadamente 2 a 6 anos de idade, o BPP pode apresentar-se como uma combinação de cistos pulmonares e tumor sólido (BPP Tipo II), ou como tumor puramente sólido (BPP Tipo III ). Tipos II e III  do BPP são tumores altamente malignos com taxas de cura muito inferiores às do BPP tipo I. O BPP tipo I é capaz de progredir para os tipos II e III, enfatizando a importância da detecção e ressecção precoces. Crianças com BPP podem apresentar falta de ar e pneumotórax devido à ruptura do cisto. Em casos de doença avançada, eles também podem apresentar perda de peso e febre. PMID: 8636815, 2520924219556464.

Nefroma Cístico (NF)

O NC é geralmente considerado uma displasia renal benigna, constituído por múltiplos cistos renais multiloculares de paredes finas. É uma das manifestações mais frequentes da síndrome DICER1, ocorrendo tipicamente abaixo dos 4 anos de idade em portadores de mutação, apresentando-se como uma massa indolor abdominal ou no flanco. A nefrectomia parcial ou total pode ser necessária devido a um efeito de massa ou devido ao comprometimento da função renal. Em casos muito raros, observa-se que o NC evolui para sarcoma anaplásico do rim, uma neoplasia maligna. PMID: 21036787171379062448100128177962

Bócio Multinodular (BMN)

O BMN é caracterizado pelo aumento nodular da glândula tireóide. O BMN é a manifestação mais frequente da síndrome DICER1 e se apresenta como uma massa cervical palpável, tipicamente desde a infância até o início da idade adulta. O BMN e a doença da tireóide são comuns na população geral e, portanto, a síndrome DICER1 deve ser considerada para o BMN somente na presença de tumores relacionados a síndrome DICER1 no indivíduo ou na família. O câncer diferenciado de tireoide é uma manifestação rara da síndrome DICER1 e tem sido observado em crianças que foram tratadas intensamente (quimioterapia, radioterapia) para um diagnóstico prévio de BPP, bem como naquelas sem fatores de risco prévios para câncer de tireoide. PMID: 21205968, 2461771227459524.

NEOPLASIA DO CORDÃO SEXUAL/ESTROMA OVARIANO (NCS/EO)

As NCS/EO são um grupo de cânceres de ovário não-epiteliais bastante raros, e incluem tumores de células da granulosa, ginandroblastomas e tumores de células de Sertoli-Leydig (SLCT). O SLCT é o NCS/EO mais comumente observado na síndrome DICER1. Enquanto o SLCT é um tumor maligno, a mortalidade associada é baixa. A SLCT frequentemente apresenta sinais de virilização (hirsutismo, alterações na voz), juntamente com características típicas de uma neoplasia de ovário, incluindo distensão abdominal e dorPMID: 21205968, 21501861, 25844550, 27858560.

Blastoma hipofisário (BH)

O BH é um tumor primitivo extremamente raro da glândula pituitária, apresentando-se tipicamente aos 24 meses de idade, geralmente com síndrome de Cushing, ou com oftalmoplegia e / ou hidrocefalia. O BH é um tumor com risco de vida. É uma manifestação muito rara, mas altamente característica da síndrome DICER1. PMID: 24839956.

Pinoblastoma (PinB)

PinB é um tumor neuroectodérmico primitivo raro originário da glândula pineal. A apresentação clínica característica incluem sintomas de massa  na rreunião da pineal e alterações oftalmológicas. O PinB é uma manifestação rara, mas característica da síndrome DICER1. Este tumor tende a ocorrer em idades mais jovens se uma mutação germinativa de DICER1 estiver presente. PMID: 25022261.

Rabdomiossarcomas Embrionários (ERMS)

O ERMS é um achado patológico frequente em tumores relacionados à mutação DICER1. É o subtipo sarcomatoso mais prevalente dos sarcomas de padrão misto do blastoma peluropulmonar. Os ERMS de alguns locais anatômicos específicos são altamente característicos da síndrome DICER1:

O ERMS do colo uterino (cERMS), também conhecido como “EMRS botrióide do cervix uterino” é muito raro, mas parece ser altamente característico da mutação DICER1. O cERMS ocorre tipicamente nas idades entre 10 e 25 anos, apresentando-se como manchas anormais ou massa vaginal polipóide. PMID: 22180160, 24151152, 22157934, 27896549.

O ERMS ovariano (oERMS) são muito raramente observados e parece ser bastante característico da mutação DICER1. (É possível que o oERMS não seja uma entidade separada, mas sim uma subcategoria de SLCT ovariana na qual o ERMS predomina entre os elementos heterólogos encontrados nos SLCTs relacionados a síndrome de DICER1). PMID: 25844550, 25836323.

O ERMS primário de bexiga está entre os locais mais comuns do ERMS em crianças pequenas, sendo que a maioria dos casos não está relacionada com a mutação DICER1. Existem entretanto vários relatos de casos, com ou sem mutações DICER1 germinativas, que sugerem que o ERMS da bexiga é parte da síndrome DICER1, mas nenhum caso com mutações somáticas de “segundo hit” no DICER1 foi descrito em literatura. PMID: 22180160, 18000857, 20981696.

O ERMS primário de vagina / vulva e o ERMS de órbita (todos locais característicos do ERMS na primeira infância) não foram observados associados a síndrome DICER1. Do mesmo modo, o padrão alveolar de RMS também não foi associado a mutações DICER1.

Meduloepitelioma do corpo ciliar (MECC)

O MECC é um tumor ocular embrionário muito raro que pode ser benigno ou maligno. As apresentações clínicas característica incluem leucocoria e/ou diminuição da acuidade visual. O MECC é uma manifestação rara, mas relativamente característica da síndrome de DICER1. PMID: 21156700,  27896549.

Hamartoma condromesenquimal nasal (HCMN)

O HCMN é um tumor benigno muito raro das cavidades nasais e seios da face, que se apresenta clinicamente com congestão nasal na infância ou na adolescência. O HCMN é uma manifestação rara, mas um tanto característica da síndrome de DICER1.. PMID: 25118636.

Sarcoma anaplásico do rim (SAM)

O SAM é um tumor raro e agressivo do rim. Foi observado muito raramente pacientes com mutações DICER1 e pode se originar de um nefroma cístico previamente existente. PMID: 2692897124481001, 27036314.

Outros tumores

Outros tumores / displasias que podem ocorrer em indivíduos com mutações germinativas do DICER1 incluem tumor de Wilms, neuroblastoma, meduloblastoma e pólipos hamatomatosos juvenis intestinais. A grande maioria dos casos não é causada por mutações DICER1, e a observação de qualquer uma dessas características sozinha em um paciente não é suficiente para sugerir a síndrome DICER1. No entanto, o risco destas condições parece estar aumentado em portadores de mutação DICER1, e o teste genético para mutações DICER1 pode ser indicado se estas neoplasias estiverem presentes no contexto de tumores relacionados com a síndrome DICER1 em outros indivíduos da família.